Fale Conosco

Notícias

Empuxo: A força que, na água, atua contra a gravidade




Você já percebeu que conseguimos carregar mais facilmente uma pessoa dentro d'água do que fora dela, no ar?

Até parece que a pessoa fica mais leve quando imersa na água. O que ocorre é que existe uma força, conhecida como empuxo, que atua de baixo para cima, no sentido contrário ao da força da gravidade.

Apesar de a massa do corpo da pessoa que carregamos ser a mesma, dentro ou fora da água, o peso parece menor dentro d'água, pois o empuxo tem sentido contrário à gravidade, diminuindo nosso esforço ao carregar o corpo em questão.

É a composição entre essas duas forças, gravidade e empuxo, que determinará se um corpo afundará ou boiará em um meio líquido.

Como o navio flutua?

Caso o peso seja maior que o empuxo, o corpo afunda; caso o empuxo seja maior, mesmo que seja colocado dentro da água, o corpo subirá para a superfície.

Se as duas forças contrárias tiverem a mesma intensidade, isto é, forem iguais, o corpo ficará parado na água.

Voltando, então, ao caso dos navios: O navio tem sua massa distribuída em um enorme volume. Isso faz com que sua densidade seja menor do que a da água, garantindo sua flutuação. Ou seja, apesar do navio ser pesado, ele consegue deslocar um volume grande de água, o que faz com que o Empuxo, que tem valor igual ao valor do peso do líquido deslocado, anule seu peso.

Fonte: Maria Sílvia Abrão, Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação é bióloga, pós-graduada em fisiologia pela Universidade de São Paulo e professora de ciências da Escola Vera Cruz (Associação Universitária Interamericana).

 


Comentarios

ESPAÇO DO ALUNO